ESCLEROSE MÚLTIPLA​

Introdução

A Esclerose Múltipla é uma doença neurológica desmielinizante, ou seja, uma patologia do sistema nervoso, na qual a bainha de mielina dos neurônios (membrana que envolve e isola as fibras nervosas responsáveis pela condução dos impulsos elétricos – no cérebro, medula espinal e nervos ópticos) é danificada.

Esclerose Múltipla

Caracteriza-se pela falha na condução de sinais, isso prejudica a condução de sinais nos nervos afetados, causando prejuízos na sensação, movimento, cognição e outras funções dependendo dos nervos envolvidos.

 

Calcula-se que a doença afete cerca de 2,5 milhões de pessoas no mundo (segundo a Organização Mundial da Saúde). A Esclerose Múltipla recebe essa denominação porque nos locais em que há desmielinização, formam-se placas, tecidos endurecidos, semelhantes a cicatrizes (esclerose). Essas placas podem aparecer em distintas áreas do cérebro e da medula espinal (múltipla). A causa da Esclerose Múltipla ainda é desconhecida. Suspeita-se que o paciente possa nascer com uma predisposição genética e que alguns outros fatores, como por exemplo, a exposição solar, uma deficiência imunológica e alguns tipos de vírus, possam participar no desencadeamento da doença.

Em aproximadamente 85% dos pacientes, o quadro clínico da esclerose múltipla se inicia sob a forma de um surto (sintomas neurológicos que duram no mínimo 24 horas) para que em seguida tornam-se mais recorrente. A perda da mielina pode dificultar e, até mesmo, interromper a transmissão de impulsos provocando contínua dificuldade de andar, de equilíbrio e visual. Outros sintomas comuns são transtornos de humor, como depressão e ansiedade e ainda, a fadiga, com falta de energia para as atividades diárias.

O diagnóstico da doença é baseado na história clínica relatada pelo paciente, em associação ao exame neurológico. Exames como a ressonância magnética do cérebro, e o exame de líquor são importantes para a efetiva confirmação do diagnóstico, afastando outras doenças com quadros similares.

CR Liquor conta com uma estrutura completa, moderna, e de alta qualidade, desde a punção do líquor, até a análise, e liberação dos resultados obtidos. O laboratório conta ainda com uma equipe altamente especializada, composta por médicos, com mais de 30 anos de experiência na coleta e análise do Líquor.

Realizamos o Exame de Liquor em uma unidade exclusiva, garantindo total segurança e agilidade na liberação dos resultados, onde processamos todos os testes possíveis para o auxílio no diagnóstico da Esclerose Múltipla e outras patologias neuroimunológicas, tal como o estudo proteico completo (Dosagens De Proteínas E Imunoglobulinas No Sangue E No Liquor, Eletroforese De Proteínas, Íindice De Barreira, Índice De Imunoprodução Intratecal De Igg, E A Pesquisa De Bandas Oligooclonais Por Isoeletro Focalização).

Referência: https//:abneuro.org.br

Contato – Unidade São Paulo

Tel: (11) 2373 3352
Plantão 24h: (11) 96327 6867 Agendamentos Ambulatoriais:
(11) 98837-9918
Contato – Unidade Brasília

Tel: (61) 3550-1660
Cel:  (61) 99549-1930

Atendimento

Segunda a Sexta – 08:00 às 17h00

–  ATENDIMENTO HOSPITALAR  –

24 Horas