Esperança no tratamento de Alzheimer pode estar ligada a Proteína

Portadores da doença de Alzheimer que leva à perda de neurônios têm menos concentração de beta-amiloides e geralmente o dobro da proteína tau.

A esperança de tratamento para pacientes com Alzheimer pode estar ligada à proteína TAU. Portadores da doença, que leva à perda de neurônios, têm menos concentração de beta-amiloide e, geralmente, o dobro de proteína TAU. Novas formas de coibir o Alzheimer foram debatidas no segundo dia do Congresso Mundial do Cérebro, Comportamento e Emoções, que acontece em Buenos Aires. Segundo o psiquiatra Janus Kremer, professor da Universidade de Córdoba e especialista no tema, os testes com medicamentos para controlar a proteína TAU estão na fase três, de um total de quatro.

– Ainda não há tratamento atual para a proteína TAU. Há um teste com um derivado de azul de metileno. Mas acreditamos que esta proteína possa deter a degeneração do microtúbulo, o que daria lugar ao aumento do depósito intracelular da TAU.

Durante a apresentação, o psiquiatra Fernando Taragano, doutor em saúde mental, apresentou estudos sobre a atrofia cerebral, que está relacionada ao Alzheimer. A doença provoca alterações cognitivas e perda do controle emocional e compromete a autonomia, mas não a consciência do portador. Em um vídeo, uma paciente idosa com estágio avançado da doença não consegue memorizar três palavras em cinco minutos e fica desapontada. Depois do tratamento com antidepressivos e remédios combinados, ela consegue completar o teste e mostra bom humor. A pílula do Alzheimer, anunciada no início do ano pela revista Time como uma provável droga eficiente contra a doença, e a importância do monitoramento do cérebro também tiveram destaque na discussão. De acordo com as pesquisas, 25% das doenças mentais poderiam ser prevenidas através do controle do cérebro.

Font: cbn.globoradio.globo.com

Contato – Unidade São Paulo

Tel: (11) 2373 3352
Plantão 24h: (11) 96327 6867 Agendamentos Ambulatoriais:
(11) 98837-9918
Contato – Unidade Brasília

Tel: (61) 3550-1660
Cel:  (61) 99549-1930

Atendimento

Segunda a Sexta – 08:00 às 17h00

–  ATENDIMENTO HOSPITALAR  –

24 Horas